Quetzalcoátl: Decifrando a lenda da Serpente Emplumada

Autor: Fran Perez                             Traduzido por: Rafael Barros A Serpente Emplumada (Quetzalcoátl) é uma divindade presenta na mitologia de numerosos povos pré-hispânico da Mesoamérica. Entre os astecas e os toltecas, essa divindade se chamava Quetzalcoátl, e para os maias a conhecia como Kukulkán, Era um deus venerado que se acreditava que trazia boas notíciasContinuar lendo “Quetzalcoátl: Decifrando a lenda da Serpente Emplumada”

As semelhanças de deuses antigos de muitas culturas com Extraterrestres

Autor: Site UFO Y Misterios Traduzido por: Rafael Barros Ao longo de nossa história, tínhamos muito em conta que as primeiras grandes civilizações tinham em sua mitologia a crença de existem deuses que nos temos blindados as bondades da vida, embora seja parte da cultura dessas civilizações, há um ponto bastante enigmático do qual nestaContinuar lendo “As semelhanças de deuses antigos de muitas culturas com Extraterrestres”

Evidências de gigantes na Antiguidade e ao redor do mundo

Autor: Fernando T. Traduzido por: Rafael Barros A crença na existência de seres humanoides gigantes tem pendurado no tempo durante há séculos. Desde mitos que nos tem fascinado, até descobrimentos e evidencias que levantam isso como uma realidade. Os gigantes estão presentes numa infinidade de textos, relatos antigos e tradições de povos do todo oContinuar lendo “Evidências de gigantes na Antiguidade e ao redor do mundo”

Os construtores de Teotihuacán tinham um conhecimento notável de ciência e engenharia

Autor: Mark Andrew Carpenter Traduzido por: Rafael Barros No coração do centro do México, rodeado de majestosas montanhas e vulcões voláteis, se encontra a bacia do Vale do México. Ali, escondido na vista de todos, se encontra Teotihuacán um vasto e cansativo complexo de pirâmides, templos, calçadas e tuneis subterrâneos. Apesar das recentes intenções doContinuar lendo “Os construtores de Teotihuacán tinham um conhecimento notável de ciência e engenharia”

Paralelos zigurates gêmeos: a torre de Babel e a pirâmide de Cholula

Autor: Mark Andrew Carpenter Traduzido por: Rafael Barros Desde as arenas oásis do berço bíblico da Mesopotâmia até o vale vulcânico do México, as pirâmides paralelas e os mitos refletidos têm pendurado ao longo dos séculos. Isoladas uma das outras por vastos oceanos e desertos do tempo, as diversas culturas têm incorporado histórias análogas aContinuar lendo “Paralelos zigurates gêmeos: a torre de Babel e a pirâmide de Cholula”

Essas são 3 antigas cidades mesoamericanas das que provavelmente nunca tenhas ouvido falar

Mesoamerica tem uma das histórias mais ricas do planeta. A quantidade de civilizações importantes que habitaram a região é extraordinária e todas forneceram grandes avanços em nossa cultura, como a construção de cidades gigantescas. Entre seus êxitos mais importantes se encontram cidades emblemáticas do mundo, tanto por sua origem, como por suas dimensões e complexidadeContinuar lendo “Essas são 3 antigas cidades mesoamericanas das que provavelmente nunca tenhas ouvido falar”

O dia em que o deus Tláloc chegou a Cidade do México e uma chuva intensa desabou-se

Uma estranha tempestade de desabou quando a estátua de Tláloc, deus asteca da chuva, iria ser colocada no Museu de Antropologia. Era em 16 de abril de 1964 na Cidade do México. A antiga escultura de Tláloc estava sendo transferida para a entrada do Museu de Antropologia, mas uma chuva tempestuosa caiu esse dia. NãoContinuar lendo “O dia em que o deus Tláloc chegou a Cidade do México e uma chuva intensa desabou-se”

O mito de Quetzalcoatl: De serpente emplumada a deus criador

Quetzalcoatl foi um dos mais importantes deuses do antigo panteão mesoamericano. Seu Aspecto icônico se encontra identificado no próprio nome desse deus. Quetzalcoatl é uma combinação de duas palavras do náhuatl (idioma dos astecas), quetzal, a ave de pluma cor esmeralda, e cóatl, que significa serpente. Desse modo, Quetzalcoatl, é frequentemente também, conhecido como aContinuar lendo “O mito de Quetzalcoatl: De serpente emplumada a deus criador”