Tais pergaminhos do Mar Morto revelam que «a Arca de Noé era uma Pirâmide»

Autor: Erick Sumoza                        Tradução de: Rafael Barros

De acordo a um escaneamento feito com nova tecnologia aos Pergaminhos do Mar Morto, revelou-se que a Arca de Noé tinha forma de pirâmide.

Pergaminhos do Mar Morto. Figura 01

Há mais de 50 anos, um pastor fez a descoberta de 7 pergaminhos dentro das Cavernas de Qumran, no deserto da Judeia, Cisjordânia. Esse descobrimento constituiu o maior manuscrito que que se tem encontrado na região. Sendo conhecidos como os Pergaminhos do Mar Morto por sua proximidade com o lago.

Apesar de que tem gerado muitas polêmicas, nenhum se compara com a recente descoberta, a Arca de Noé tinha forma piramidal.

A Arca de Noé era uma Pirâmide segundo os Pergaminhos do Mar Morto

As escrituras dos Pergaminhos do Mar Morto contem histórias bíblicas e outras que não estão nas escrituras sagradas. Essas oferecem aos especialistas uma visão diferente do passado e lançam uma luz distinta sobre as religiões abrâmicas.

O último desses achados encontrou-se graças a que especialistas escanearam um pedaço dos Pergaminhos do Mar Morto, usando diferentes comprimentos de onde e de luz a uma resolução 28 vezes maior que os escaneamentos padrão. Assim, revelou-se que a Arca de Noé tinha forma de pirâmide.

Os cientistas não tinham conseguido ler uma palavra seguindo a frase hebraica «a altura da arca» dentro dos pergaminhos. No entanto, graças à alta tecnologia, descobriram que a palavra que se encontra é «ne’esefet».

Era egípcio?

Pergaminhos do Mar Morto. Figura 02

A tradução de ne’esefet do hebreu ao inglês, significa «reunida», o que o Dr. Alexey Yuditsky da Universidade Hebraica de Jerusalém assegura que significa que as «costelas» da arca se juntaram na parte superior para forma uma espécie de pirâmide. Além disso, está convencido que o descobrimento está apoiado por constatações anteriores.

Yuditsky declarou que Septuaginta, a qual é uma tradução grega da Bíblia que data do século III a. C., também descreve a arca na forma de Pirâmide. Enquanto autores medievais como Maimônides também descreveram o mesmo.

Esse descobrimento conseguiu que se criava que Noé, quem conseguiu fugir do antigo Egito, era na realidade um faraó. Isso se deve a que as pirâmides eram um sinal da alta posição no império egípcio para a época.

Essa teoria poderia trocar por completo a história tal como a conhecemos e dar-lhe um significado ainda mais importante as pirâmides. No momento, se esperam mais estudos aos Pergaminhos do Mar Morto e confirmar a verdade.

Fonte: UFO SPAIN

Publicado por Rafael Barros

Analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas e pesquisador da Associação Mato-grossense de Pesquisas Ufológicas e Psiquicas- AMPUP - MT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: