Gigantes no Antigo Egito? Um “dedo mumificado” poderia o confirmar

Autor: Erick Sumoza

Traduzido por: Rafael Barros

A crença nos gigantes não se remonta a um simples mito. Existem muitas provas arqueológicas, aceitadas e não reconhecidas que sugerem sua existência. Esse é o caso do colossal dedo encontrado no Egito.

O dedo junto a bilhete de 20 libras egípcias para comparar o tamanho.

Estudiosos das antigas culturas que habitaram o mundo há milhares de anos, estão convencidos que os gigantes vagaram pela Terra.

Apesar de que a ciência reconhece a existência de homens anormalmente grandes através do gigantismo, as provas arqueológicas, as quais não tem sido aceita pela corrente principal, demonstram que não se tratou de nenhuma enfermidade.

Esse poderia ser o caso de um estranho dedo mumificado encontrado no Egito, o que tem umas dimensões que superam às do humano médio.

Dedo de gigante no Egito

Em março de 2012, a revista alemã Bild publicou um artigo aonde se assegurava, haviam encontrado os restos de um gigante no território egípcio.

O dedo, o qual estava mumificado, tinha todas as características de um humano, salvo seu tamanho, o que alcançava os 38 centímetros de cumprimento.

De acordo à publicação, as fotografias estão datadas de 1988, mas estas nunca tinham saído à luz, até que o jornal pôde as conseguir.

As imagens foram tomadas pelo empresário suíço a entusiasta na história e cultura do antigo Egito, Gregor Spoerri.

Segundo relata, em 1988, um dos fornecedores privados que fizeram vida no Egito, de nome Bir Hooker, o prometeu organizar uma reunião com um antigo saqueador de tumbas.

A reunião foi realizada em uma pequena casa conseguida por Hooker, a 100 quilômetros ao noroeste do Cairo.

O empresário recebeu uma bolsa grande com um odor bastante forte. Ao abri-la, encontrou o enorme dedo envolto em panos. Obviamente, Spoerri decidiu cancelar os 300 dólares que exigiu o homem para os tirar-lhes algumas fotografias.

Para comprovar o tamanho do dedo, o homem colocou um bilhete de 20 libras egípcias ao lado do dedo. Esse estava seco e muito leve, mas intacto. Spoerri assegurou que a criatura devia medir, ao menos, 5 metros de altura.

Radiografia que demonstra supostamente a autenticidade do dedo mumificado.

Sua veracidade foi comprovada quando o saqueador mostrou uma radiografia do dedo mumificado, a qual a realizou nos anos 60. Também mostrou o certificado de autenticidade.

Uma raça que caminhou sobre a Terra?

Apesar de que o empresário o pediu que lhe vendesse a relíquia, o homem se negou, alegando que o valor que esse tinha para sua família era impagável.

Tempo depois, Spoerri mostrou as imagens a colegas e especialistas, quem as rejeitaram. Todos alegaram que, simplesmente, era «impossível» que existisse alguém desse tamanho.

Em 2009, o empresário visitou mais uma vez a Hooker para obter novas fotografias do dedo gigante. Porém, esse foi incapaz de encontrar o saqueador.

Apesar de que essa história soa bastante incrível, não é a primeira vez que se fala de gigantes no antigo Egito.

No ano 79 d. C. o historiador romano, Josefo Flavio, escreveu que o último membro da raça dos gigantes viveu no século XIII a. C., durante o reinado do rei Josué.

Além disso, contou que esses tinham corpos colossais e seus rostos eram tão diferentes ao dos humanos, que os mirar, gerava assombro e sua voz provocava o medo

Os cientistas asseguram que os gigantes não são mais que personagens de ficção, já que não há provas de que os hominídeos haviam crescido a tais dimensões. No entanto, os achados enigmáticos que poderiam provar o contrário se vem acumulando.

Fonte: https://www.ufospain.es/2021/06/19/gigantes-en-el-antiguo-egipto-un-dedo-momificado-podria-confirmarlo/

Publicado por Ufologia & Cosmos

Sou analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: