5 pirâmides do mundo antigo das quais nunca o tenhas ouvido falar

Autora: Joanna Gillan                      Tradução de: Rafael Barros

A Grande Pirâmide de Giza é sem dúvida um dos ícones mais conhecidos do mundo antigo. Porém, existem milhares de outras pirâmides, não somente no Egito, mas em todo o mundo, incluído Europa, Ásia, Oceania e América. A razão para a qual tantas civilizações antigas, muitas das quais não tinham contato entre si, estavam construindo pirâmides aproximadamente ao mesmo tempo segue sendo um mistério. No entanto, muitos desses impressionantes monumentos permanecem como legados dessas ricas e antigas culturas. Aqui, observamos 5 pirâmides pouco conhecidas do mundo antigo.

1. Uma pirâmide no coração de Roma, Itália

Roma é bem conhecida por sua arquitetura antiga: o Coliseu, o Panteão, o Mercado de Trajano e o Fórum Romana, posso citar alguns, mas uma coisa com que a não se associa ao menos são as pirâmides. Porém justo no coração de Roma, se encontra uma pirâmide de 2000 anos de idade que mede 30 metros de cada lado e 35 metros de altura. Imperdível. No entanto, pouquíssimas pessoas tenham ouvido falar da Pirâmide Cestia de Roma.

A pirâmide Cestia construiu-se ao longo da Via Ostiensis, uma avenida importante na antiga Roma, em algum momento entre o ano 18 e o 12 a.C. Se bem é discutível se as pirâmides egípcias algumas se usaram realmente como tumbas, a pirâmide Cestia definitivamente o foi. Dentro da pirâmide há uma câmara funerária com cripta de canhão que, segundo as inscrições nos lados leste e oeste da pirâmide, abriga o corpo de um político romano conhecido como Cayo Cestio Epulo, orador, pretor e membro do sacerdócio. Uma segunda inscrição anuncia que a construção dessa pirâmide se completou em 330 dias.

A pirâmide de Cestius (CC por SA 2.0)

2. As misteriosas pirâmides de Tenerife, Ilhas Canárias

Tenerife nas Ilhas Canárias é conhecida como um destino de férias, mas muitos turistas vistam a ilha sem saber que ali há pirâmides e um mistério em curso. Quem construiu as pirâmides, quando se construíram e por quê?

As pirâmides encontram-se em Güímar, um local do sul de Tenerife. Construídas com pedra de lava sem o uso de argamassas. As pirâmides têm causado muita controversa entre os acadêmicos. Um estudo fechou as pirâmides no século XIX d. C. baseado em cerâmica encontrada perto do sítio, e digo que são pouco mais de rochas vulcânicas que os agricultores haviam feito ao limpar a terra. No entanto, isso tem sido muito discutido. O explorador norueguês Thor Heyerdahl sustenta que as pirâmides foram construídas pelos guanches, os habitantes aborígenes berberes das Ilhas Canarias que emigraram ao arquipélago por volta do ano 1000 c. C. Heyerdahl assinala que as construções estão minunciosamente projetadas com níveis escalonados e possíveis alinhamentos realizados com fins cerimoniais, como os que podiam fazer-se realizado no solstício de verão. Em 1991, Juan Antonio Belmonte Avilés, Antonio Aparicio Juan e César Esteban López, pesquisadores do Instituto Canário de Astrofísica, demonstrou que os lados longos de alguns dos terraços que rodeiam as pirâmides de Güímar marcavam a direção dos solstícios de inverno e verão. Heyerdahl apresentou a hipótese de que pirâmides canarias constituíam um ponto de parada temporal e geográfico nas viagens entre o antigo Egito e a civilização maia, iniciando uma polemica na que tem participado historiadores, arqueólogos, astrônomas e pessoas com um interesse geral na história.

Uma das pirâmides de Güimar (Foto: Colin Moss)

3. A Grande Pirâmide de Cholula, México

Apesar de ser reconhecida pelo Livro Guinness dos Records como a maior pirâmide do mundo quanto ao seu volume, não há muitas pessoas tenha ouvida falar da Grande Pirâmide de Cholula. Localizada nos arredores da cidade de Puebla, a pirâmide estava dedicada a Quetzalcoatl, uma das divindades mais importantes do panteão mesoamericano, durante a época pré-colombiana, Cholula era uma grande cidade e o centro religioso do altiplano mexicana. A construção do templo iniciou-se durante o século II a.C. e passou por várias etapas antes de alcançar sua forma definitiva. Por volta do ano 1100 d. C. a cidade caiu nas mãos dos toltecas-chichimecas e a pirâmide foi abandonada quando se criaram novos templos. Ao longo dos séculos, se cobriu de terra e vegetação e não até 1910, quando as autoridades iniciaram a construção de um asilo, que se descobriu que a “colina natural” era o local de antiga pirâmide.

Uma seção das ruinas da Grande Pirâmide de Cholula, Puebla, México. Fonte da foto: Diego Delso / CC-BY-AS 3.0

4. A Lendária pirâmide branca de 1000 pés de Xian, China

Espalhadas numa planície plana e isolada na província de Shaanxi, próxima da antiga capital de Xian, encontram-se dezenas de espetaculares montes piramidais que são poucas conhecidas fora da China. Combinada com a realidade dessas impressionantes tumbas, há uma lenda de uma enorme pirâmide branca de 300 metros com coroa de joias que ofuscaria inclusive a Grande Pirâmide de Giza. Enquanto que alguns pesquisadores creem que os avistamentos aéreos da Pirâmide Branca de Xian se corresponde com o Mausoléu de Maoling, tumba do imperador Wu de Han, outros sustentam que a pirâmide lendária ainda não foi encontrada.

Os avistamentos reportados de uma enorme pirâmide branca na China se remontam a mais de um século nas entradas do diário do agente de viagens e comerciante americano Fred Meyer Schroder, quem viu uma pirâmide gigante na distância enquanto caminhava com uma guia monge budista na província de Shaanxi em 1912. Schroder estimou que tinha pelo menos 300 metros de altura (aproximadamente 1000 pés) com lados de 500 metros. Tais dimensões dariam a estrutura um volume dez vezes maior que o da Grande Pirâmide do Egito. O guia mongol de Schroder, Bogdo, o informou que as pirâmides têm pelo menos 3.000 anos de idade e que a informação sobre elas está registrada em documentos monásticos antigos e é bem conhecida na lenda local.

Dois avistamentos mais de pilotos ocorreram na década de 1940, ambos confirmando notícias anteriores sobre seu tamanho e características. Alguns creem que a Pirâmide Branca pode se encontrar dentro do acidentado terreno das montanhas Qin Ling, difícil de detectar entras as imponentes montanhas e profundos desfiladeiros. Numerosos pesquisados e exploradores tem perseguido a pirâmide Branca de Xian, mas ninguém até hoje tem tido sucesso.

Pirâmide branca de Xian

5. A cidade piramidal de Caral, Peru, de 5.000 anos de idade

A civilização Norte Chico de Supe, Peru, foi a primeira civilização conhecida das Américas. Sua capital era a cidade Sagrada de Caral, uma metrópole de 5000 anos de idade com complexas práticas agrícolas, rica cultura e arquitetura monumental, que incluía morros de pedra e plataforma de terra, templos, anfiteatro, praças circulares e afundadas, áreas residenciais e seis grandes pirâmides escalonadas. A antiga cidade foi descoberta pela primeira vez em 1905 pelo arqueólogo alemão Max Uhle, mas não foi até a década de 1970 que os arqueólogos se deram conta de que as colinas identificadas originalmente como formações naturais eram na verdade pirâmides escalonadas. Na década de 1990, a grande cidade de Caral e suas seis pirâmides haviam emergidos em toda a sua extensão depois de ter estado enterradas sob a areia durante 5 milênios.

Restos da Grande Pirâmide de Caral. Fonte da imagem: Christopher Kleihege / UNESCO

Se bem, já sabemos da existência de milhares de pirâmides em todo o mundo, se planta a hipótese de que centenas mais que ainda não se tem descoberto. Desde as densas selvas da América do Sul e Ásia, até enormes montes cobertos de vegetação ou neve que facilmente poderiam se confundir com colinas naturais, o planeta ainda não tem revelado todas as pirâmides de seu passado antigo.

Fonte: ANCIENT ORIGINS ES

Publicado por Rafael Barros

Analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas e pesquisador da Associação Mato-grossense de Pesquisas Ufológicas e Psiquicas- AMPUP - MT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: