Enorme estrutura aparece em Encelado, a maior lua de Saturno

Encelado é um dos lugares do Sistema Solar mais promissores para encontrar vida extraterrestre.

Em primeiro lugar, porque sob uma crosta de gelo que rodeia todo o mundo, existe um oceano global de água liquida.

E em segundo lugar, porque ali se tem encontrado indicio da presença de atividade hidrotermal e de pequenas moléculas orgânicas.

De fato, em Encelado, só falta detectar enxofre e fósforo para que existam todos os ingredientes necessários para a aparição de vida tal como a conhecemos.

Composta de proteínas, lipídios ou nucleotídeos, da que não conhecemos nem podemos falar muito.

Um estudo que se acaba de publicar na Nature tem detectado uma nova impressão de que Encelado é um local aparentemente idôneo para o desenvolvimento de vida extraterrestre.

Cientistas do “Soutwest Research Institute” e da Universidade de Heidelberg tem detectado nessa lua a presença de grandes moléculas orgânicas.

Os indícios apontam que no oceano da pequena lua existe uma enorme variedade de moléculas baseadas no carbono.

Na atualidade existem vários candidatos prioritários para buscar vida fora da Terra. Esses são Marte, Europa (uma lua de Júpiter) e Titã (outra das luas de Saturno).

Mas, somente Encelado têm, além de água liquida e moléculas orgânicas, um ciclo bioquímico capaz de proporcioná-lo aos seres vivos, uma fonte de energia.

Uma estrutura gigante captada pela NASA

Em 2005, a sonda espacial Cassini iniciou múltiplos voos próximas de Encelado, revelando sua superfície e seu entorno com maior detalhe.

Em particular, Cassini descobriu plumas ricas em água que saiam da região do polo sul, e tem uma composição similar na dos cometas.

Das fotografias enviadas para a Terra pela sonda, uma parece mostrar uma “maciça estrutura” que projeta sua sombra nas plumas de vapor de água.

Porém, segundo os cientistas da NASA, dizem que seus pesquisadores recentes sugerem que grande parte da atividade eruptiva na superfície da lua de Saturno poderia ser na forma de amplas erupções no formato de cortina no lugar de choros discretos.

Alguns não estão de acordo com essa explicação, e dizem que poderia se tratar de uma sombra projetada de uma base alienígena, por exemplo, já que isso se vê demasiado uniforme para ser somente gêiseres de água.

Também creem que essa estrutura foi o motivo principal da missão, para assim poder recolher informação sobre essa estranha coisa que não tinha explicação vista da Terra.

O que é que podemos observar nessa imagem? Plumas de água congelada, não há algo mais atrás, deixa-nos seus comentários mais abaixo.

Fonte: https://www.ufo-spain.com/2020/10/09/enorme-estructura-aparece-encelado-luna-mas-grande-saturno/

Publicado por Ufologia & Cosmos

Sou analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: