Sob uma capela templária: arqueólogos descobrem uma cripta secreta que possa levar ao Santo Graal

Essa capela na Polônia serve como local do último descanso para vários cavaleiros templários.

Capela de São Estanislão, Chwarszczany, Polônia

O lendário, Santo Graal, o cálice que havia sido utilizada por Jesus durante a Última Ceia para transformar o vinho em seu sangue, tem cativado a imaginação dos caçadores de relíquias por séculos. Apesar de não sabemos se esse cálice realmente existiu, uma atraente teoria sustenta que se encontra debaixo de uma remota capela construído pelos cavaleiros templários no oeste da Polônia.

A lenda diz que os templários, debaixo da cobertura da obscuridade, fundiram o Santo Graal junto com moedas de outro em uma caixa de madeira”, conta o historiador local Marek Karolczak a CNN. “O lago mencionado nas histórias se secou faz tempo e o tesouro pode ter sido roubado ou bem perdido para sempre no pântano.

Agora, os arqueólogos estão investigando uma das capelas construídas pela Ordem na zona logo de seu retorno da Terra Santa.

A pequena aldeia de Chwarszczany, na província de Pomeraria Ocidental, é lugar da capela de São Estanislão, construída em 1232 com ladrilhos vermelhos. Um local que celebrou tanto para o culto para a defesa fortificada. De acordo a recentes investigações, também serviu para a sepultura de vários templários, e parece ocultar uma passagem que leva a uma câmara subterrânea.

Capela de São Estanislão, Chwarszczany, Polônia

Nosso radar de penetração no solo (GPR) tem detectado criptas góticas com os restos de cavaleiros templários embaixo da capela”, assinala o arqueólogo Przemyslaw Kolosowski. “De acordo as lendas e documentos medievais, havia um poço nas imediações da construção. O rumor diz que esse poço servia como entrada a um túnel secreto, mas isso ainda requer de uma investigação arqueológica mais exaustiva.

Somando o mistério, um túnel misterioso também se prolonga por debaixo da população próxima de Myslibórz, a somente quatro horas de Chwarszczany andando em cavalo, meia hora no carro. Esse povo foi estabelecido por templários em 1238.

O Santo Graal é guardado por um cavaleiro templários no filme “Indiana Jones e a Última Cruzada” (1989)

Poderiam estar os arqueólogos a ponto de descobrir um conjunto de tesouros da Ordem do Templo, ou até o mesmo Santo Graal? O tempo e próximas escavações no dirão.

A Ordem

A ordem dos pobres cavaleiros de Cristo do Templo de Salomão, também chamada a Ordem do Templo, cujos membros são conhecidos como cavaleiros templários, foi uma das mais poderosas ordens militares cristãs da Idade Média. Se manteve ativa durante um pouco menos de dois séculos. Foi fundada em 1118 ou 119 por nove cavaleiros franceses liderados por Hugo de Payns após A Primeira Cruzada. Seu proposito original era proteger as vidas dos cristãos que peregrinavam a Jerusalém após sua conquista.

Em 1306, Felipe IV da França, fortemente endividado com a Ordem e assustado pelo seu crescente poder, começou a pressionar o Papa Clemente V com o objetivo de tomar medidas contra seus integrantes e assim fazer-se com as riquezas dos cavaleiros. Como consequência, por pouco tempo depois um grande número de templários foi aprisionado, induzidos a confessar sob tortura e queimados na fogueira.

Ilustração que mostra a Jacques de Molay, o último Gran Mestre da ordem dos Templários, queimado vivo na fogueira na frente da Catedral de Notre Dame, em 1314.

Em 1312, Clemente V cedeu nas pressões de Felipe IV e dissolveu a ordem. Sua brusca eliminação deu lugar a especulações e lendas que tem mantido vivo até nossos dias o nome dos cavaleiros templários, entre eles, que o recuperaram o Santo Graal durante as cruzadas e que se voltaram seus guardas.

Fonte: https://mysteryplanet.com.ar/site/arqueologos-descubren-una-cripta-secreta-que-podria-llevar-al-santo-grial-debajo-de-una-capilla-templaria/

Publicado por Ufologia & Cosmos

Sou analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: