A História de um sacerdote maia de 1.000 anos que salvou a vida de um explorador

Misterioso sacerdote maia da caverna de Loltún em Yucatán, México. Encontrado por um explorador americano. Proclamava ter 1.000 anos de idade.

Robert Stacy-Judd, arquiteto e explorador, se havia entrado nessa labiríntica caverna de Loltún, um antigo refúgio maia com pinturas murais de cerca de 2.000 anos. Muito no interior já se havia perdido junto com seus guias e termina se encontrando com esse sacerdote eremita maia que te salvou a vida.

Loltún se estende num mundo subterrâneo de 2 quilômetros com muitos recantos e tuneis. Se localiza na península de Yucatán, ao sul da cidade de Oxkutzcab. A experiência de Stace-Judd se reportou no período Modesto News-Herald, no artigo: “o mistério do eremita da caverna de Loltún”.

A exploração da caverna de Loltún no México

Caverna de Loltún. Crédito: Jimelovski Platano Macho / Flickr.

Robert Stacy-Judd foi um arquiteto participante do Maia Revival (Renascimento Maia), um movimento arquitetônico das décadas de 1920 e 1930 que reivindicava a arte e arquitetura maia e de outros povos mesoamericanos. Um de seus projetos mais lembrados é o Asteca Hotel, localizado na Rua 66 do Vale de São Gabriel na Califórnia.

Stacy-Judd também era entusiasta na cultura maia e fazia viagens de exploração para todo sitio arqueológico da Guatemala e México. Uma das suas expedições foi para a caverna de Loltún (“loltún” significa “flor de pedra” em maia), embora não se registrou quando a realizou.

O objetivo era investigar as pinturas murais maias da gruta subterrânea, datadas do Período Pré-clássico Tardio, entre os anos 400 e 250 a. C. O arquiteto contratou uns três guias yucatecos locais quem foram se parando cada um em pontos distintos e cada vez por dentro da gruta.

O arquiteto e explorados ia adentrando-se junto com o último guia, mas nesse momento, uma grande rocha cai perto deles e o estrondo faz com que o primeiro guia abandona sua posição para ir olhar se os demais estavam bem, por consequência, os exploradores perderam seu ponto de referência mais perto da saída.

Encontro com o antigo sacerdote maia

Artigo do Modesto News-Herald, com uma fotografia do sacerdote maia. Crédito: Modesto News-Herald

Ao tentar voltar para a saída, Stacy-Judd encontra uma abertura, na qual atravessa para terminar dentro de outra caverna de 16 metros de altura. Ali consegue avistar a luz de uma tocha sendo sustentava por “um ancião com um manto branco” e “uma cabaça de peregrino cobrindo sua cabeça”.

O ancião estava magro, mas parecia saudável e mentalmente bem-disposto. Tinha um bigode grande e branco, mas sem barba (um traço característico dos maias). Logo da admiração, Stacy –Judd lhe pede aos guias se comunicar com o homem. O ancião afirmou que eram um Hol-Pop, um sacerdote maia de 1.000 anos de idade (!) que estava guardando um antigo tesouro ali na caverna de Loltún.

Stacy-Judd considerou mítica essa idade. Mas se intuiu que o homem intraterreno: “muito bem podia ter mais de cem anos de idade”. Percebendo que o explorador e os guias estavam perdidos, o ancião os guias para a saída da caverna, o salvando a vida e evitando que ficassem perdidos (mesmo estando cego devido a 100 anos vivendo na escuridão).

Robert Stacy-Judd. Crédito: Internet Archive Book Images / Wikimedia commons.

Para Robert Stacy-Judd esta foi a experiência mais estranha de sua vida…. Ter tido um encontro com um eremita saudável vivendo dentro de uma caverna colossal subterrânea (e que inclusive proclamava ter 1.000 anos de idade). Depois de ter saído lhe entrega umas moedas de prata e o sacerdote maia volta ao profundo da gruta e ninguém o volta a ver jamais.

Fonte: https://codigooculto.com/2020/08/historia-sacerdote-maya-1000-anios-salvo-vida-explorador/

Publicado por Ufologia & Cosmos

Sou analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: