Civilização subterrânea oculta no Antigo Egito é revelada

O mundo subterrâneo no Egito: Crédito: MarmotWhistler / Pixabay / Urban-Hub (urban-hub.com). Edição Erick Nielssen

Civilização perdida no baixo Egito? Colossais labirintos e câmaras subterrâneas embaixo da Grande Pirâmide e outros sítios poderiam ser evidencia de sua existência.

Textos de historiadores gregos clássicos, egípcios e lendas árabes descrevem gigantescos labirintos e complexos subterrâneos no Egito. Diversos achados sob as Grandes Pirâmides e na Grande Esfinge também poderiam evidenciar as construções de enigmáticas cidades perdidas de uma possível civilização desconhecida.

Mundo subterrâneo: Heródoto o descreveu em 400 a.C.

Ilustração do Labirinto, por Athanasius Kircher. Cortesia: Labyrinth of Egypt / Facebook

Se alguém juntar os edifícios dos gregos e mostrar toda essa obra, parecia menor neste labirinto, tanto em esforço como em gastos… Inclusive as pirâmides estão mais lá das palavras, e cada uma era igual a muitas e poderosas obras dos gregos. No entanto, o labirinto supera inclusive nas pirâmides”.

Essas são palavras são historiados grego Heródoto, escritas em sua obra Histórias, do século V a. C. Aí temos um importante historiados falando de uma obra mestre maciça construída embaixo do solo do Antigo Egito.

É um templo colossal de 3.000 habitantes cheias de hieróglifos e pinturas. Esse labirinto antigo também foi descrito por autores como Maneton (século III a. C.), Diodoro Sículo (século I a. C.) e Plinio (século I a. C.). Vários deles reportaram ter visitado este longínquo mundo subterrâneo.

Se pensa que contém segredos sagrados da civilização perdida de Atlantida e parte da história oculta do Antigo Egito. O acadêmico Athanasius Kircher fez ilustrações dessa contrução no século XVII. No centro se nota um claro labirinto rodeado de doze jardins (como o escreveu Heródoto).

Descobertos os labirintos subterrâneos

Cidade subterrâneo, imagem referencial. Cortesia: Beyond Science TV (beyondsciencetv.com).

O mais impressionante é que na realidade assim se reportou o descobrimento dessa cidade do subsolo. Foi em 2008, na região de Hawara, a 100 quilômetros de Cairo, Egito. Uns pesquisadores arqueólogos da Bélgica confirmaram a escavação de um maciço templo enterrado. É a chamada “Expedição de Mataha”.

Lamentavelmente, se informou que esse achado foi suprimido e ignorado. Misteriosamente, o Secretário Geral do Conselho Supremo da Antiguidade (Egito) cortou toda divulgação próximo do descobrimento devido a supostas sanções da Segurança Nacional Egípcia.

Sob a Grande Esfinge e as Grandes Pirâmides de Gizé

Outra ilustração do labirinto. Cortesia: Labyrinth of Egypt / Facebook

Outra referência a uma cidade perdida egípcia se encontra nas investigações dos historiadores Malcolm Hutton e Gerry Cannon, quem proclamam que há muitos indícios de construções sob a mesmíssima Grande Esfinge no platô de Gizé.

A Grande Esfinge poderia ser o ponto de entrada fazia uma rede de labirintos e câmaras. Tem sido chamada toda uma “metrópole subterrânea”, mas que teria sido suprimida dos livros de história e de informes oficiais, já que apresentaria uma “reescrita” da história do Egito, perigosa para o conhecimento divulgada pela elite política.

Outro achado importante é realizado pelo explorador britânico Andrew Collins, quem encontrou um conjunto de cavernas, tuneis e câmaras subterrâneas encontradas sob as Grande Pirâmides de Gizé. Ele disse que há toda uma “arqueologia intacta abaixo”. Isso também foi ignorado pelas autoridades acadêmicas (principal).

A conclusão, há muita informação sobre descobrimentos de labirintos e complexos subterrâneos que haviam sido suprimidos ou encobertos pela elite política. Talvez podiam ser achados perigos para a história “oficial” do Antigo Egito, talvez podiam ser vestígios de uma civilização perdida, inclusive anterior da egípcia.

Fonte: https://codigooculto.com/2020/01/civilizacion-subterranea-oculta-en-el-antiguo-egipto-es-revelada/

Publicado por Ufologia & Cosmos

Sou analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: