Será a Dama de Elche uma deusa suméria, em Utah está a chave

A antiga Dama de Elche é um dos rostos femininos mais antigos e enigmáticos na história da humanidade, a mesma se presume que deriva da civilização ibérica que teve lugar no século IV antes de Cristo.

Se encontra caracterizada pela vestimenta de pose, no entanto, muitos consideram que somente é só um artificio estético, outras hipóteses apontam de que a mesma vem de uma alta linhagem e até que se trata de um dispositivo usado por uma antiga civilização como uma antena de comunicação.

Ainda que a mesma foi descoberta no ano de 1.987, inclusive não se encontram evidencias que indiquem a origem da Dama de Elche ou qual era seu uso que lhe dava os antigos seres que povoavam nosso planeta.

Como foi encontrada essa misteriosa escultura?

Essa misteriosa obra de arte data de entre os séculos IV e V a.C., elaborada em pedra calcária, que tem uma longitude de 56 centímetros de altura e pesa ao redor de 65,08 quilogramas, e que se localizou na região de Elche na Espanha.

Foi durante a realização de trabalhos agrícolas, quando os trabalhadores da propriedade se encontravam desmontando a encosta da região sudeste da localidade de Alcudia, quando um jovem de aproximadamente de 14 anos de idade, quem se encontrava ajudando nas tarefas, aproveitou o descanso da jornada para começar aa escavação da estranha escultura.

A medalha achada em Utah

Agora, todo e compreensível desse assunto gira 180 graus e se lhe soma um componente ainda mais enigmático.

E é que, segundo especialistas da matéria, uma medalha encontrada nada mais e nada menos que em 1966, quase ao outro lado do mundo, mais exatamente em Utah, Estados Unidos, asseguram que representa a mesmíssima deusa suméria Isthar, e também denominada deusa do amor babilônico, milhares de vezes representada em nossa cultura popular e que inconscientemente fomos assimilando do nada.

Erick Von Däniken, assegura que essa é uma prova irrefutável de que a Dama de Elche e as diferentes representações de Isthar tem a mesma origem e que é inegável que as características de ambas representações são as mesmas, as mesmas joias, as mesmas qualidades físicas e sobre tudo, a mesma representação mística que ambas proferem.

Por qual motivo se presume que é uma rainha Anunnaki?

Foram muitos os pesquisadores em história quem encontraram semelhanças dos oferecidos dos traços pela escultura da Dama de Elche, que coincidiam com as características dos deuses e reis sumérios que descrevem nos textos manuscritos que tem sido encontrada nas tumbas sumérias.

Ao qual que as caraterísticas faciais, puderam se comparados com as imagens observadas nos restos dessa antiga civilização, onde os protetores de ouvidos com as que conta na escultura coincidiam em um 100% com as observadas nas figuras de argilas sumérias.

Poderia se tratar de uma escultura de origem extraterrestre?

Embora a mesma foi descoberta faz mais de 30 anos, ainda não se tem localizado evidencias que determinem a origem da Dama de Elche, deixando na imaginação dos especialistas qual será o verdadeiro motivo ou uso para o qual foi elaborada a misteriosa relíquia. De qual forma ainda existem trabalhos de escavações, tratando de achar uma resposta que mostre e responde qual é a origem da Dama de Elche, para que era usada e se a mesma conta com uma formação que seja do nosso planeta.

Video do Youtube

Fonte:: http://ufoymisterios.es/antiguas-culturas/era-la-dama-de-elche-una-diosa-sumeria-en-utah-esta-la-clave/

Publicado por Ufologia & Cosmos

Sou analista de sistemas apaixonado pelos estudos da teoria dos antigos astronautas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: